segunda-feira, 29 de março de 2010

Meu lugar ao sol

Fiquei fora uns dias neste lugar que descobri como sendo literalmente "meu lugar ao sol", numa alusão ao nome deste espaço e ao que procuro na vida.
Tem coisas que são inexplicáveis e a descoberta deste lugar é uma delas.
Lá pude refazer a mente, o físicio e a alma.
Aguardem só um pouquinho ... quero postar algo especial.

Há um vilarejo ali
Onde areja um vento bom
Na varanda, quem descansa
Vê o horizonte deitar no chão

Lá o tempo espera
Lá é primavera
Portas e janelas ficam sempre abertas
Pra sorte entrar
(Marisa monte- trecho de Vilarejo)

7 comentários:

Lidia Ferreira disse...

ja gostei do poema , mas vou espera a próxima postagem rsrs
bjs

Vem desfrutar do Amor de Deus disse...

Ah... Olivia,
Já estou curiosa pra saber desse lugar...estou aqui esperando tá?
Bjs carinhosos
Márcia

KG disse...

Li, que lugar lindo!
O mais legal é saber que alguém mora lá e, certamente, vive uma vida... Ai, que inveja! rsrs
Fique com Deus!
Bj

Elaine disse...

Olívia,
O blog está lindo!
É bom mexer nele, não é?
Tenha uma linda semana, querida.
Beijos.

Lidiane Vasconcelos disse...

Oi!
Já notei uma carinha diferente no blog, e gostei.

Sim, continuarei aguardando você por aqui... :)

Amanda Zanqui disse...

Oi Olivia! Obrigada por visitar o meu cantinho e deixar um comentário tão amável. Tenha uma ótima semana! bjs

Fátima disse...

Que blog lindo!
O poema muito fofo .

Parabéns.
Beijinho.